Faculdade Anglo Americano | Caxias do Sul

Posts com tag “edupezzi

HSM Expomanagement 2010

Como o mote do evento mesmo diz, você em linha com o conhecimento, este foi o motivo da minha ida a São Paulo. Quando buscamos conhecimento, crescemos como pessoas e na profissão. Um evento de magnitude mundial com os maiores pensadores em gestão e marketing do mundo, saber o que está acontecendo, as tendências, e as novas exigências do mercado foi a pauta de todas as palestras, tanto as principais como as que ocorreram nas estações do conhecimento.

Os 3 dias foram para mim, como a Disney é para uma criança, um ambiente onde as maiores cabeças estavam passando seus conhecimentos e dividindo com os presentes o que pode ser feito para as empresas obterem diferenciais competitivos e um futuro sustentável e lucrativo.

A grande pauta foi a sustentabilidade e o respeito ao ser humano, Kotler falou sobre o Marketing 3.0 que é centrado nos valores da empresa, não só no valor entregue ao consumidor, um conceito muito mais amplo e complexo de ser entregue já que 70% das empresas estão no marketing 1.0, ou seja, voltado para o produto e muito pouco para o consumidor.

Já Gery Hamel falou sobre a importância da reinvenção da gestão pois fazem décadas que as empresas trabalham com o mesmo modelo. Ele citou 3 desafios:

1 – As empresas tem que mudar e mudar rápido, sendo o algoritmo de 70% do tempo melhorando o core business, 20% reinventando e 10% reinventando radicalmente.

2 – Clumbling Barries: Desmembramento das barreiras de entrada com a adaptabilidade, inovação e valor para o cliente.

3 – O conhecimento está se tornando commodities

Outro autor que passou uma mensagem muito importante foi Vijay Covindarajan que escreveu o livro “O outro lado da inovação”. Ele falou sobre gerenciar o presente como sendo importante mas não sendo mais estratégia, o segundo passo é esquecer seletivamente o passado e por último criar o futuro. Outra mensagem importante é que toda a estratégia para os próximos anos está dentro da empresa e jamais deve-se deixar as decisões estratégicas só para os diretores e CEOs. Pense e execute, a execução é mais importante do que um monte de idéias voando.

Na minha opinião todo empresário que deseja perpetuar e obter lucro em um mundo totalmente sem fronteiras e sem barreiras deve atualizar-se, aceitar que é limitado e preso a modelos antigos. Um bom começo é ouvir os funcionários, clientes, comunidade e especialistas, mudar antes que o mundo mude o resultado financeiro da empresa, podendo ser tarde demais. E isso é inevitável.

Prof. Esp. Eduardo Pezzi
Coordenador Marketing FAACS
www.edupezzi.com.br